Reveillon longe

Passei o reveillon em Maracaípe. Fui pra lá por causa da festa que teve chamada La Lune, a top das tops das festas de reveillon que ocorreram esse ano. Falando sobre a viagem e o pré/pós show foi tudo tranquilo, fui com meu primo Rômulo e um amigo nosso chamado Chico, rolou uma peixada no Bar do Marcão, cervejinha de leve, cochilo da tarde e deu tudo certo, mas o que me motivou a escrever esse post foi onde eu tava.

Maracaípe é uma praia bonita, cheia de gente e tudo mais, porém 99% dos meus amigos tavam em Recife, fosse no Enchanté, fosse na Av. Boa Viagem ou em algum outro canto, mas tavam lá. Eu fui pro La Lune por causa da festa e não dos meus amigos e até agora me pergunto se não teria sido melhor ter ficado por aqui a troco de ir para uma festa menos legal, mas que nela eu teria certeza que encontraria bem mais gente, comemoraria e curtiria mais do que eu fiz lá em Maraca.

Esse post tá bem trash, não tou muito a fim de sair escrevendo pra deixar tudo explicadinho, o que vale é o questionamento festa x amigos que tá ocorrendo agora na minha cabeça.

Ugo.

Teclas Pretas – Nó dos Mais Gravatas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s