RockDisco by ugopp – setlist

Créditos: @anacuentro

Esse é o setlist. Aqui dá para baixar as mp3s:

Link

01 Time to Pretend – MGMT

02 Uh – Fujiya & Miyagi

03 You’ll Find a Way – Santogold

04 Leave Me Alone – Kudu

05 Turn It On – Franz Ferdinand

06 Armistice – Phoenix

07 Sexx Laws – Beck

08 Perhaps, Perhaps, Perhaps – Cake

09 Mixtape – Jamie Cullum

10 Photocopier – Fujiya & Miyagi

11 Virtual Insanity – Jamiroquai

Ugo.

Home by ugopp – setlist

Esse é o setlist. Aqui dá para baixar as mp3s:
Link
01 Bring The Boys Back Home - Pink Floyd
02 Comin' Home Baby - Michael Buble [Duet with Boyz II Men]
03 When I Get Home - Yellow Matter Custard
04 Back In the USSR - The Beatles [ugopp All About Ska Performers Mashup]
05  Home - Edward Sharpe & The Magnetic Zeros (Ugo Tesoura Edit)
06 Desaparecido - Manu Chao
07 Take Me Home - Don Juan Dracula
08 Come On Home - Franz Ferdinand
09 Take Me Home - Danko Jones
10 No Place Like Home - Devo
E o link do Soundcloud: http://soundcloud.com/ugopp/ugopp-home3
Ugo.

Amizade

Longo foi o sono de Zeca, e parece que o de Jorge também, pois Zeca não havia sido interrompido a noite inteira. Ele acordou e foi buscar o jornal. Antes disso, viu o seu irmão deitado na cama, parecia que ele não voltaria ao normal nunca. O que chamou a atenção de Zeca foi uma carta que estava no criado mudo de Jorge.

Como se pode medir uma amizade?

Fico  me perguntando isso porque há momentos em que eu duvido dos outros e momentos em que eu me surpreendo com as pessoas. É necessário que hajam mil declarações-certificado de amizade? É possível que se estabeleça algo da maneira mais sucinta, possível, sem tanta demonstração externa ou interna e que flua da melhor maneira possível?

Sinto que há momentos em que me sinto desconfortável com as posições de pessoas que considero minhas amigas. Me questiono sobre a visão que têm sobre mim por causa do que eu faço, mas ao mesmo tempo fico observando o que fazem em relação a mim e aos outros e tento estabelecer níveis para ver quem gosta mais de quem. Será que isso é realmente necessário?

Essa agressão que acontece muitas vezes, mascarada de forma amigável não quer dizer alguma coisa no fundo, no fundo? Temo que isso signifique que o que temos não seja tão real quanto parece, pode ser algo mais profundo e que esteja vindo à tona em pequenas doses.

O mundo hoje em dia pode não ser o que mais inspire para se fazerem novas amizades, pois a superficialidade vem tomando conta dos novos relacionamentos, porém sinto necessidade de fazer amigos e de manter criar laços fortes de amizade, não algo virtual que se desfaça tão fácil quanto um ‘delete’.  E para isso necessito de transparência

Jorge.

Zeca leu a carta assustado, como Jorge pode escrever isto em meio a seus delírios?

Ugo.

Radiohead – The Bends

Distante

Não me diga, senhor
Que isso está acontecendo, senhor

Ela com quem compartilho
Dúvidas, certezas e esperanças
Com ela sigo o trilho
O mesmo caminho, a mesma mudança

Por que, senhor
Isso está acontecendo, senhor

Dela me sinto tão distante
Mesmo estando por perto
Não me parece mais constante
Seu corpo presente não parece certo

Vou te dizer, senhor
O que vou fazer, senhor

Vou dar mais uma chance
Sei que ela merece
Talvez queira que me canse
Ou talvez o sentimento cresce

Aí, meu senhor
Sei que tive vitória

In tedium [2]

No mesmo bar.

As vezes penso em te abandonar
Toda vez é isso
Eu com sono num bar

O que é isso
Nem sei, não fui omisso
Fui largado aqui

Fico parado sem falar nem pensar
Fico pensando em me des-isolar
Mas isso não adianta
Sou mesmo uma anta

Tava a fim de poder falar de amigos
De exaltar felicidade
Por agora isso é difícil
Me parece uma impossibilidade

Vou abandonar você
Que nem sempre me traz felicidade
Viverei eternamente
Evitando essa gente

In tedium

Num bar.

Não vou abrir mão de minhas peculiaridades
Sou feliz demais assim
Mesmo sem ter ninguém pra mim

De vez em quando bate uma solidão
Falta alguém aqui
Pra aquecer o coração

Não vou abrir mão de minhas peculiaridades
Vou enfrentar tudo de frente
Nem que vá direto reto e passe  no chão rente

Vou me arriscar
Minha lista negra vou riscar rabiscar
Vou explorar um novo horizonte
Vou me escalar num monte

Serei um eremita, Lenita!
Meu mundo é distante
Vivo num instante
Não tenho livros nem estante
Se mande.

Recomeçar

Amanheceu para Zeca quando seu alarme disparava às 6 horas da manhã para dar os remédios de Jorge. Seu irmão estava doente há um par de dias e o médico não tinha ideia do que se passava. Receitava medicações para tentar reduzir a febre e as alucinações, mas para Zeca não parecia que estavam funcionando corretamente. Quando abriu a porta do quarto de Jorge, viu que seu irmão havia escrevido nas paredes com o kit de hidrocores de Marina, a irmã mais jovem do trio.  Leu o texto que tinha sido finalizado em tor vermelho, apesar do seu começo ter sido em azul:

É hora de recomeçar e essa palavra vem sempre acompanhada de suas duas irmãs: repensar e replanejar. É o momento de ver tudo que está dando certo e ver tudo que está dando errado.  Manter o que é bom, descartar o que é ruim. Vamos dar adeus a quem nunca deu uma felicidade, uma oportunidade ou nunca ajudou numa necessidade. Não vale a pena querer quem não me quer nem amar quem não me ama. Estou mirando ao futuro, planejando a minha sorte e sorteando os meus planos, pois não é fácil definir o que ainda está por vir. Mas uma coisa é certa: não há nada que não possa ser melhorado, principalmente aquilo que já está deteriorado.

Querendo, posso investir em tempos vindouros, felizes. Querendo, posso abandonar o que não deu certo, jogar fora o incerto e a cada passo chegar mais perto do meu objetivo. Chegou a hora, não vejo mais motivo para repetir os mesmos erros. Como um visionário, só posso admitir o melhor para mim, nada menos. Até nunca, erros que cansei de praticar. Seja bem vindo, Futuro!

Zeca achou o texto curioso, apesar de levar sempre em consideração o estado psicológico do seu enfermo irmão, mas para ele tudo poderia sinalizar uma recuperação e um recomeço em suas vidas.

Ugo.

El Mocambo – El Mocambo [legal esse cd, mas ao vivo a El Mocambo bota mais quente]

Amongst Hundreds

Zeca já estava cochilando na poltrona. Sonhava que estava no mundo descrito em seu livro, vivia a vida do personagem principal. Era um sonho sombrio, onde ele estava em um lugar ao qual não conhecia, até que apareceu um louco falando em uma linguagem que ele só entendia bem por tanto haver estudado em sua infância:

Trying to fly
To do things by myself
Going alone tonight
I don’t have anybody else
It may not seem cool
But I want to watch ‘n learn
See what they do
See what they yearn
It’s dark
The music is good
People having fun
They’re in the mood
Alone amongst hundreds
In a place I don’t belong
Alone amongst hundreds
Incapable of singing their song
After all this
I’m reaching a conclusion
They’re in a bliss
And I’m in a illusion
Alone amongst hundreds
In a place I don’t belong
Alone amongst hundreds
Incapable of singing their song

Trying to fly
To do things by myself
Going alone tonight
I don’t have anybody else

It may not seem cool
But I want to watch ‘n learn
See what they do
See what they yearn

It’s dark
The music is good
People having fun
They’re in the mood

Alone amongst hundreds
In a place I don’t belong
Alone amongst hundreds
Incapable of singing their song

After all this
I’m reaching a conclusion
They’re in a bliss
And I’m in a illusion

Alone amongst hundreds
In a place I don’t belong
Alone amongst hundreds
Incapable of singing their song

Zeca assustou-se e logo acordou de seu sonho, mais uma vez Jorge gritava de seu quarto.

Ugo.

V.A. – Help!: A Day In Life [destaque pra Kaiser Chiefs tocando I Heard It Through the Grapevine]

Free

Quando viu Jorge voltando ao quarto, Zeca tranquilizou-se. Mais um delírio havia passado. Voltou ao que mais lhe importava no momento: ler seu livro. Porém, não teve sorte e, como que não estivesse a fim de dar trégua, Jorge voltou. Tinha uma pose comportada, apesar da loucura ser visível em seus olhos. Com uma pose que mais lembrava um filósofo grego dos tempos mais antigos, começou a discursar:

I wanna be free. And I will. Serei livre porque eu sei que quem quer, consegue. O impossível é uma barreira criada na mente e que deve ser desconsiderada. Nunca acharei que tudo é fácil, mas as ferramentas para tornar tudo possível estão aí. Precisamos apenas de vontade, dedicação e esforço, mais nada. O que existir além disso pode ajudar ou atrapalhar, mas nunca será essencial.

Ir contra a natureza, logicamente, não dará certo. Não posso querer voar porque não nasci para isso. Porém, sei que se um dia quiser sair do chão, posso encontrar minhas maneiras. De um simples pulo a estar em gravidade zero, mas sei que um dia irei descer de volta. Não posso ser imortal porque ninguém é. Posso, entretanto, prolongar minha vida até onde der, sabendo sempre que morrerei algum dia.

Minha liberdade não está mais longe do que já esteve um dia. A evolução da vida e do pensamento nos leva a ela. Seja a liberdade espiritual, onde cada vez mais procuramos a verdade e esqueçamos os mitos. Seja a liberdade política, a partir do momento em que derrubamos tiranos e livramos nosso povo de ditaduras. Seja a liberdade individual, aquela que um dia terei. Talvez até já a tenha, mas não total. Posso ir aonde quiser, certo? Mas não quero só isso. Quero o mundo, as estrelas e o universo. Isso ainda não tenho, todavia posso ter, por que não? Posso viajar ao infinito, experienciar o que ninguém nunca nem pensou que existisse. Posso transcender.

Cada passo que dou é rumo à minha liberdade, porque é ela que eu quero e é ela que eu conseguirei. E nessa caminhada, creio não precisar de muita coisa. Música, amigos e um amor já saciam minhas necessidades. Não sei para que, nem por que, iria querer mais.”

Jorge acenou despedindo-se de Zeca e voltou ao seu quarto. A febre parecia não baixar nunca.

Ugo.

Supertramp – Breakfast in America [ não ouço Supertramp, mas tava tocando esse cd aqui. Gostei.]

Delírios

Zeca estava sentado na sala lendo um livro, quando Jorge chegou discursando freneticamente:

O problema é que eu tenho o coração vazio e preciso de alguém para preenchê-lo.
Vejo em cada uma a possibilidade, a esperança.
Não é a coisa mais certa, não é a coisa mais bonita, mas a necessidade sempre fez o homem e comigo não seria diferente.
Tenho minha estrela guia, a mais desejada, a mais amada. Não obstante, o espaço não está reservado a ela, só é dada a preferência.
O que poderia impedir-me de que uma mulher bondosa, de boas intenções, hábitos e feições se aproximasse?
É uma solução para quem não tem nada e que sua preferida o esnobe a cada conversa, não é?
Em relação a ser amado, isso não dependeria de mim, dependeria dela. A mim cabe amá-la, porém não entendo a definição clara de amar.
Resume-se a companhia e fidelidade? Ora, isso posso fazer sem o mínimo afeto. Preciso de algo mais além disso, preciso saber o que fazer.
Posso aprender a amar, porém preciso de alguém para praticar, afinal, sozinho é impossível.

Zeca ficou parado, pensando. Desde que a febre o atingiu, seus delírios eram cada vez mais constantes. O médico disse para ter calma, pois a medicação não demorará para fazer efeito.

Ugo.

Seu Jorge – América Brasil [montando um repertório samba-rock esperto ;)]