Pensamentos

Acho que converso mais com minha cabeça do que com alguma outra pessoa. Também desconfio que isso aconteça com todos.

Por mais legal que isso seja, incluindo poder tentar resolver problemas do dia a dia, bolar planos futuros, etc. Acaba, de vez em quando, sendo uma coisa ruim.

Certas vezes na vida, alguem nos passa uma mensagem clara e direta, com um significado único e de fácil de entender. Porém, justamentente por causa de nossos pensamentos, acabamos criando, de maneira incrivelmente incompreensível, uma resposta alternativa a o que deveria só ter uma interpretação.

Isso faz com que ilusões sejam criadas, fazendo com que vivamos num certo mundo alternativo até que a realidade nos bata de frente e com uma força que nem sempre paramos pra imaginar. Isso é o ruim no mundo dos pensamentos. Por mais que eles no façam ver um mundo melhor, com certeza não são o meio mais certo de se viver, pois quase sempre acaba que o que foi pensado como alternativa não dá certo e você quebra a cara.

Infelizmente, nem sempre podemos viver no mundo de realidade e acabamos por nos aventurar nesse país das maravilhas que existe em nossas cabeças.

Eu, por exemplo, quero viver nele por um tempinho. Vou lá, numa esperança não fundamentada [até anti-fundamentada], pronto para uma colisão com o mundo real.

Ugo.

Yellow Matter Custard – One Night in New York City